Chef Bruno Didier (Nez Bistrô, ex-El Bulli) e seus importantes prêmios no Madri Fusión

*Fotos do acervo pessoal do Chef Bruno Didier, gentilmente cedidas.   Não é novidade que o Brasil está em alta na gastronomia mundial. E esse ano,  mais um motivo para comemorar, pois, pela primeira vez na história, o estado de Minas Gerais é o convidado oficial do Madrid Fusión, com o produto café! É motivo mesmo […]

Livro Boa Lembrança da Infância com renda para a Fundação Terra

Foi lançado na Arena Gastronômica do Festival Gastronômico de Pernambuco, no Shopping Tacaruna, o livro Boa Lembrança da Infância. O autor, Frederico Martino do Espírito Santo, esteve presente autografando os livros e explicando um pouco

Sampa: Due cuochi x Fasano?

Eu amoooooo São Paulo! Não me canso de pegar o avião e ir deleitar-me nos maravilhosos restaurantes que a cidade oferece. Verdadeiras joias. É um vício mesmo e sempre encontro uma desculpinha para ir até lá… Bem, hoje decidi fazer um tir

Voltei!

  Sumida, eu sei, andei muito sumida essas últimas semanas aqui do blog… Esse hiato extrapolou a minha vontade e foi devido a problemas técnicos do blog, que para a felicidade geral de todos, já foram resolvidos, o que agora me p

O DOM, de Alex Atala é o 4º melhor do mundo!

Saiu hoje a melhor notícia do ano para a gastronomia brasileira: o DOM do nosso über chef Alex Atala é o quarto melhor restaurante do mundo, na lista dos 50 Melhores do mundo, o prêmio  “The World’s 50 Best Restaurant Awards.”, da revi

Feliz 2012!!!

  Ufa, depois de um ano a mil por hora, estou eu (e, ops, o blog também… hehehe) aqui de volta para desejar um ano de 2012 fan-tás-ti-co para vocês, cheio de comidas gostosas, de cheiros, de sabores, de viagens (gourmet, por favor, n

Tempere sua Viagem na mídia

Surpresa, surpresa, surpresa!!! Essa foi a minha reação ao saber pelo meu marido que o nosso blog Tempere sua Viagem já estava numa reportagem sobre blogs… Muito legal porque foi no encarte Gastrô, do Diário de Pernambuco, de 28.05.20

Emoções

Exatamente na hora de escrever a primeira linha desse blog,  pergunto-me o porquê decidi escrevê-lo. Vem à minha mente as palavras do “Rei” (será que isso vai soar piegas???…), mas vamos lá. O “Rei” me inspira nesse momento, pois