Warning: Use of undefined constant user_level - assumed 'user_level' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/temperesv/temperesuaviagem.com.br/wp-content/plugins/ultimate-google-analytics/ultimate_ga.php on line 524

Em Viena, um lugar mágico: Steirereck

(8 de maio de 2011)


Warning: Use of undefined constant user_level - assumed 'user_level' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/temperesv/temperesuaviagem.com.br/wp-content/plugins/ultimate-google-analytics/ultimate_ga.php on line 524

Os resultados da lista dos 50 melhores restaurantes do planeta do prêmio Revista Restaurant/San Pelegrino,
The World’s Best Restaurant, publicado aqui no blog em primeira mão, fizeram emergir da minha memória deliciosas lembranças de viagem em alguns dos restaurantes premiados.

Dentre elas, está a tarde memorável que passamos no Restaurante Steirereck em Viena, considerado um dos melhores da cidade e que este ano figura em 22ª posição do prêmio 50 melhores do mundo do ranking San Pelegrino. Conto para vocês essa inesquecível experiência, que tornou nossa estada em Viena especialíssima, daquelas de guardar emoções para sempre!

Ao adentrarmos no restaurante, que fica no coração de um dos melhores parques da cidade, o Stadtpark, pudemos sentir a aura e o clima daquele lugar, cujas características indelevelmente anunciavam que era de fato um Relais & Chateaux e que, incontestavelmente, brilhava com suas duas estrelas Michelin.

Como era verãozíssimo (o vaso com girassol confirmava a estação), fomos acomodados no agradável jardim do restaurante, o que nos fez sentir num universo único, como se estivéssemos dentro de uma poesia, num paraíso. Propício ao encanto e à serenidade. Que lugaaar!!!

Além disso, fomos tomados de envolvimento pelo serviço, marca registrada da casa, que, de tão gentil e suave, atencioso e solícito, era como se tivéssemos pegado a “rota da felicidade”. Tudo sem excesso, sem ser pegajoso, sabe!? Às vezes, invisível, como quando eles trocavam os cartõezinhos com os nomes, curiosidades e explicações dos pratos ou ainda, quando repunham as nossas taças.

Difícil concluir o que foi melhor, se o serviço ou a cozinha, que também seguia a mesma trilha de minúcias, pormenores e preocupações com cada pre-ci-o-so detalhe!!!…

Logo de cara, após o gentil (e honesto, no preço e na qualidade excepcional, aliás, regra em Viena, nada muito estratosfericamente caro em matéria de restaurantes) auxílio na escolha das bebidas, vieram os amuses buches, um quadradinhos crocantes, com receheio beeeemm gostosos, delicada cortesia do Chef Heinz Reitbaue. Nos encantaram, enquanto estávamos sendo introduzidos à constatação de que aquela seria a melhor tarde de nossa viagem…

Ah, os pães! Saborosíssimos, vieram à mesa com personalidade e estilo, num carrinho su-per-char-mooo-so. Tão convidativos que despertavam um desejo urgente de comê-los. Não dava para parar de comer pão! Alguns dos melhores que já comi. Crocantes (croc!), consistenciosos, com sabores diversos e dá uma espiadinha na manteiga: novamente olhem o detalhe (e não é redundância) dela moldada na folha de manjericão literalmente! Estava perfumada dele: manjericão. Huuummm!!! Macia e perfeita combinação com os pães.

Vieram os pratos. À primeira vista, coisa simples. Rá! A cozinha austríaca moderna se anunciava, com sua maestria em sua harmonização perfeita de ingredientes locais. O sabor já contraria tudo. Espera para ver o cartãozinho com a explicação que eles colocavam a cada vez que serviam uma etapa…

Foi um deleite! A minha (acertada) pedida veio em forma de uma macia carne de vitela com molhinho suave e delicado, caindo muito bem com uma “tart”, feita com crocância na medida, sobre ela, repousava um creme de tamarindo, e, para completar o inusitado: um sublime purêzinho de nêspera, marinado no gin, acompanhado de nabos. Nunca pensei que nabo fosse ficar tão gostoso… e o que pronunciava o seu sabor era exatamente  a mistura de temperos da criação! Mistura de sabores, texturas, e aromas enebriantes!!!

O prato do meu marido: um delicioso e suculento barbecue, cujo soberbo corte especial dava o tom do acontecimento, muito bem casado com chips feitos de uma espécie de vegetal que lembrava uma cenoura branca, com tudo que tem direito, incluindo o crunch da mordida, xiii, ia me esquecendo, cozidas numa ervinha que remetia à erva doce;  mais alcaparras fresquíssimas e o brócolis com youngs brotos de feijão salteados em salsa de limão!

Bem, a sobremesa tem seu capítulo especial. Sim, não dá para passar desprovido de surpresa!!! É que europeu não é muito formiga como nós, mas eles sabem como ninguém contrabalançar o contraste do azedinho presente no sorbet de abacaxi com a fortaleza o chocolate amargo, from Trinidad, o “trinitário”. Milimetricamente disposto e acompanhado de uns “macaroons” de côco e regados por licor e leite de côco. Acho que essa sobremesa incorpora a personalidade e a filosofia desse pedacinho do Éden! É como conjugar la perfección!

Pensaram que acabou? Passou pela nossa mesa outro carrinho. Era de ficar espantado: 150 tipos de queijo do mundo todo. Esse não ficou registro…

Por fim, uns lindinhos petit four que “sumiram”  antes da foto e, depois, literalmente, a cereja do bolo!!! Isso mesmo, outro carrinho com uma árvore, um bonsai de chocolate!!, com cerejas de verdade nos “galhos” feitos de chocolate. Que personalidade e estilo! Originalidade é a palavra de ordem! Fiquei babando, hipnotizada, em transe!!! Nem consegui tirar a foto direito. Pudera, aaammmooooo cerejas frescas! Foram-me servidas com uma delicada pinça que as “colhia” diretamente para o nosso prato!

Ai, ai, ai, fiquei com vontade de morar em Viena só para ter o Steirereck ao meu alcance. Que tarde, que memória guardada para sempre: instantes únicos. Pure Luxury!!!!!

Um universo mágico: êxtase foi a palavra de ordem! No Steirereck pudemos comprovar o sentido mais autêntico da palavra hospitalidade. Sem dúvida, uma experiência mágica que ficará para sempre gravada em minha memória. Saímos com um sorriso no rosto que pronunciava o nosso sentimento: a vida é bela!

Restaurant Steirereck

Am Heumarkt 2A / im Stadtpark

A-1030 Wien

Tel.  +43 (1) 713 31 68

Fax. +43 (1) 713 31 68–2

http://www.steirereck.com/index_e.php

COMO CHEGAR

OBS: Reservas necessárias e podem ser feitas também por e-mail.

8 comentários to “Em Viena, um lugar mágico: Steirereck”


  1. Warning: Use of undefined constant user_level - assumed 'user_level' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/temperesv/temperesuaviagem.com.br/wp-content/plugins/ultimate-google-analytics/ultimate_ga.php on line 524

    Olá, amigos ,da pra perceber o brilho desta redação,
    é como se eu estivesse lendo um um conto de fadas,
    foi muito bom poder compartilhar um pouco dessa incrivel aventura, tchau, tchau , fiquem com Deus.


  2. Warning: Use of undefined constant user_level - assumed 'user_level' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/temperesv/temperesuaviagem.com.br/wp-content/plugins/ultimate-google-analytics/ultimate_ga.php on line 524

    Uau, essa foi a melhor denição do blog. Fico encantada e lisonjeada. Espeo que goste e sonhe cada vez mais. Fico feliz quando isso acontece.


  3. Warning: Use of undefined constant user_level - assumed 'user_level' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/temperesv/temperesuaviagem.com.br/wp-content/plugins/ultimate-google-analytics/ultimate_ga.php on line 524

    Renata,

    Que felicidade este site! Como você escreve bem! e não é porque é advogada, hein…
    Excelente idéia! Vou começar a seguir

    Bjs Rodrigo


  4. Warning: Use of undefined constant user_level - assumed 'user_level' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/temperesv/temperesuaviagem.com.br/wp-content/plugins/ultimate-google-analytics/ultimate_ga.php on line 524

    Já anotei a arvore mágica de cereja em Viena…no meus caderninhos de sonhos a realizar…. BIS BIS !!!!


  5. Warning: Use of undefined constant user_level - assumed 'user_level' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/temperesv/temperesuaviagem.com.br/wp-content/plugins/ultimate-google-analytics/ultimate_ga.php on line 524

    Hum hum……já penso neste lugar como viagem em potencial! Adorei ler o post! Beijo


  6. Warning: Use of undefined constant user_level - assumed 'user_level' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/temperesv/temperesuaviagem.com.br/wp-content/plugins/ultimate-google-analytics/ultimate_ga.php on line 524

    Wow this is a great resource.. I’m enjoying it.. good article


  7. Warning: Use of undefined constant user_level - assumed 'user_level' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/temperesv/temperesuaviagem.com.br/wp-content/plugins/ultimate-google-analytics/ultimate_ga.php on line 524

    My partner and I really enjoyed reading this blog post, I was just itching to know do you trade featured posts? I am always trying to find someone to make trades with and merely thought I would ask.


  8. Warning: Use of undefined constant user_level - assumed 'user_level' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/temperesv/temperesuaviagem.com.br/wp-content/plugins/ultimate-google-analytics/ultimate_ga.php on line 524

    Oi Renata!!

    Adorei este post!! Conheci Viena em 2007 num final de semana de muito frio e neve na cidade. Foi bem diferente deste seu relato, mas mesmo assim encantador!

    Viajei pra lá de novo lendo estas linhas…

    Bjos,
    Sâmia

Escrever um comentário

*



Warning: Use of undefined constant user_level - assumed 'user_level' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/temperesv/temperesuaviagem.com.br/wp-content/plugins/ultimate-google-analytics/ultimate_ga.php on line 524