Casa de Tereza: o sabor de um abraço bem baiano!

(20 de novembro de 2013)

Bookmark and Share

A Casa de Tereza bem que poderia ser nossa casa, casa de um amigo, um lugar aconchegante e cheio de carinho!

m5

Mas não é. Porque é simplesmente a deslumbrante Casa de Tereza, mais especificamente da chef Tereza Paim, um restaurante de cozinha baiana e comida autoral…  Cozinha feita com o coração e cantinhos pensados para a gente se sentir em casa, abraçados pelo afeto que esse lugar inspira!

m7

Cada recanto, um canto, que conta um conto, uma página da Bahia. Cores, vida e a força desse estado cheio de magia. Cada ambiente, um pedacinho representativo da cultura da cidade: o salão Iemanjá, o salão Terreiros, outro que evoca o barroco das igrejas…

m1

 

Tem ainda a “vendinha”, a remeter às coisas da terra, ao Mercado Modelo…

tr DSC06053 m4

Espalhados pelos salões obras de arte e artesanato que soam ter sido garimpadas com afinco. O olhar se perde e se encanta…

m6

Um repositório do receituário baiano, revisitado, reescrito, com elegância e refinamento e respeito às origens, sem afetações!

Valores e sabores de saberes passados de geração em geração, aqui, vistos sob a ótica de referências culturais e afetivas… E em paz com a natureza, já que o restaurante tem uma linha de sustentabilidade.

Na Casa de Tereza, então a gente é também fisgado pelo estômago. Sabe aquela casa em que, ao adentrar, o que se sente primeiro é o cheiro das panelas a agitar os convidados e, muitos chegam a exclamar, “que cheiro bom!” “Está dando água na boca!” “Que delícia!” “O que você está cozinhando?”

Lá, é precisamente assim!…

Por isso, fomos envolvidos não só pelos aromas, mas também pelo sabor das lascas de fumeiro em caramelo de laranja, com pão rústico da casa…

tr DSC06056

Opa, cadê? Sumiu do prato num piscar de olhos! A boca salivava! Culpa do Fumeiro, pelo qual todo baiano é literalmente apaixonado, herança ancestral portuguesa, a carne suína é salgada e defumada e adquire sabor e perfume únicos. Imprimiram memórias gustativas incríveis!

Abracei-me com esse risoto de camarão, maturi (castanha baby) e coco verde. Para lembrar que estávamos na Bahia, perfumes baianos de coentro, pimentas e leite de coco… Indefectível!!!

tr DSC06068

O Vermelhinho com capinha de farinha, pedido na mesa, era tenro, suculento e saboroso! Um deleite que superou as mais mínimas expectativas!

tr DSC06060

Outro prato que passeou pela mesa foi o Pernil de Cordeiro com molho de tamanrindo e mandioquinha. Um abuso de tão bom!!!!

tr DSC06064

Mergulhando fundo naquilo que se propõe de entregar toda a baianidade, o negão com sorvete de tapioca e calda de frutas vermelhas estava de arrepiar!!!! Negão, uma sobremesa típica e fácil na Bahia, na versão Paim, era um carinho só! Estava implacável, estonteante!!!!

m9

Quero voltar, e certamente voltarei, já que vivo de mala pronta para essa cidade maravilhosa. Provarei as moquecas… A de siri, que me aguarde…

E para tomar outro cafezinho…

tr DSC06090

Um tesouro revelado nas linhas com tons vibrantes, que conciliam tons mais intimistas e confessionais… As diversas referências culturais estavam ali de braços abertos! Indubitavelmente paragem obrigatória para todos que aqui aportam, sejam baianos, sejam turistas!

A Casa de Tereza é assim, porque poderia ser a nossa casa, a casa de um amigo, mas é na Casa de Tereza que a gente sente o sabor de um verdadeiro abraço!

 

PREÇOS: Petiscos entre R$10,00 e 44,00; Pratos à base de frutos do mar entre R$ 59,00 e 89,00 (Risoto de camrão R$ 62,00 e vermelhinho R$ 68,00 – este para dois); Moquecas entre R$ 62,00 e 102,00 – para duas pessoas Pratos de carne entre R$ 49,00 e 66,00  (pernil de cordeiro R$ 63,00)

CASA DE TEREZA

Rua Odilon santos, 45 Rio Vermelho Salvador – Bahia

Fone: 71 3323016

Como chegar

http://terezapaim.com.br/index.php

Bookmark and Share

Escrever um comentário

*