Le chateaubriand: vanguarda e minimalismo em Paris

(4 de dezembro de 2014)

Bookmark and Share

Se você espera um bistrô com cozinha tradicional, nem vá ao Le Chateaubriand.

Lá, a cozinha é moderna, ousada, diria até conceitual.

O chef autodidata de origem basca, Inaki Aizpitarte, é um mestre em mexer e remexer, de subverter e deixar pensativo o comensal, com combinações e choques inesperados… Vanguarda… O simples… Minismalismos… Não é um local pra ficar impassível ou indiferente…

Foi assim, mesmo tendo lido linhas e resenhas, críticas e elogios  em sites de resenha, fui surpreendida!

O ambiente é casual e descolado, muito bem frequentando pelo hype da moda (a nata do mundo fashion) e, claro,da gastronomia. E, acima de tudo, o clima das pessoas e do staff da casa eleva-o ao cenário vibrante!

tr DSC02794

Em um menu de 5 cursos, voilà, suspense e surpresas…

tr DSC02779

Ceviche? Cadê o peixe, as cebolas, as pimentas? Mas se só veio o leche de tigre, sim, para beber, para evocar as sensações de ceviche, possuía brilho próprio e estava surreal! Como se fosse um aperitivo, com um pequeno pedaço de peixe ao fundo…

m1

A gente se entreolhou com o snack de camarões com pó de framboesa… Simplicidade? Deu uma sacudidela, mas fez a gente não esperar nada antes de dar a primeira mordida…. Ela surpreendeeeeeu, nada mais! E, tudo isto! Bom! Booommm! Queríamos mais…

tr DSC02783

Hadock defumado com maracujá  manga…

tr DSC02786

Após outros dois pratos, que não lembro mais do que se tratava…

tr DSC02787

…eis que veio o Boeuf  (bife) tandoori em ponto perfeito com umas batatas desidratadas… Muito bom!

tr DSC02797

As sobremesas, o mandarim ao rum com passas…

tr DSC02800

E, Toucinho del Cielo… Sim, a sua leitura para a clássica sobremesa portuguesa… Esta, sim, fechou com chave de ouro! A base de toda sobremesa portuguesa, ovos e calda de açúcar, estava encapsulada a remeter a uma gema, que, literalmente, se esparramava como tal, ao ser rompida… Estilo e sabor!

m2

Se gostei?

É conceitual demais…

Mas, sim, gostei, além do que eu esperava. Tudo muito bom e saboroso! Certamente, é uma experiência válida! E vale as mordidas!

Outro mérito: o restaurante cobra 65 euros pelo menu degustação, o que para Paris e, em se tratando de restaurante gastronômico, é, digamos um preço beeeem acessível! Ou seja, uma versão democrática da alta gastronomia… Talvez seja uma das explicações do sucesso…

Controverso ou amado, o fato é que o chef tem estado na crista da onda na ordem da gastronomia mundial e parisiense, das listas, dos prêmios, das resenhas. E que o cara é ousado, ah, isso é! E sabe se valer do simples, porém com técnica e com absoluto respeito ao produto, algo obsessivo mesmo por quem quer que ouse fazer boa gastronomia no país da boa mesa!

 

Preço: menu degustação a 65 Euros.

 

Le Chateaubriand

129 Avenue Parmentier – 11 ème

Fone:+33 1 43 57 45 95

http://www.lechateaubriand.net/index_uk.html

Bookmark and Share

Escrever um comentário

*