Cervejaria Ramiro: em Lisboa, mariscos deliiiiciiiiooooosos!

(5 de julho de 2011)

Bookmark and Share

Depois de horas de viagem cruzando o Atlântico, e da guinada radical no nosso roteiro de viagem (já contei nesse post: íamos para Buenos Aires e, apenas 24 horas antes da viagem, mudamos para Lisboa) tudo que queríamos eram comidinhas, comidinhas e mais comidinhas, com sabores da terrinha d`além marrr.

Assim que chegamos em Lisboa, estava doida para comer algo que só se encontra por lá. Eram tantas as indicações de amigos, que nos “salvaram”, diante da nossa viagem relâmpago e de improviso, que ficou difícil escolher. Acabamos decidindo ir para a Cervejaria Ramiro, considerada uma dos melhores lugares para se comer mariscos de Lisboa, a bons preços.

Uma típica cervejaria de Lisboa, cheia de comidinhas, era tudo o que desejávamos para aquele momento. Um local de decoração tradicional (sorry, os aromas me distraíram e não lembrei de tirar fotos do local…) e autenticamente portuguesa, sem muita firula, fundada em 1956, mas muito aconchegante e com um frenesi que revela um movimento incansável.

Claro, como bom recanto português, pão não pode faltar. Vieram então umas fatias deliciosas de pão torrado na manteiga de alho. Huuuummmm!!! Crocante, tenro, água na boca!!! Que pão era aquele?… A “Maria Pão” aqui caiu matando!!

A primeira coisa que queria eram ameijoas, algo que só se encontra por aqui. Tava morrendo de saudades… Manda aêêê umas “ameijoas a bulhões de pato”, senhor! Pois, pois!

Delícia!!! Suculentas e fresquíssimas. Indefectíveis!!! Tempero no capricho!!! Era tudo que eu lembrava e que eu queria… A razão de tanto frescor: os mariscos são mantidos num viveiro no piso inferior da casa e vão do aquário direto para a nossa mesa.

Em seguida, “Gambas à la aguillo”, aquela panelinha que vinha fritando e borbulhando azeite com impecáveis camarões no alho. Algo que nunca vou esquecer!! Quando nossa amiga L.F. nos indicou esse lugar, ela foi categórica: “tem uma paneliiiinnnhhhha su-per char-mo-sa que vocês vão amaaaar!!!” Testado e atestado! Verdade verdadeira!

Aliás, para mim um restaurante revela sua alma por completo quando, antes de se experimentar suas delícias, ele se deixa ser revelado por seus aromas. Na Ramiro, esse impacto é sentido, logo que se adentra, e esses aromas vêm dessa charmosa panelinha que eu jamais vou esquecer!!! Tava tão bom que pedimos bis!!!

Ah, os percebes, essas criaturas, que, a princípio afastam qualquer vontade de comer, se revelam quando se deixam seduzir por seu sabor acentuado de um típico crustáceo.

Fiquei ainda de olho esticado para as belas sapateiras que passeavam nas mesas vizinhas, mas não consegui encarar o suja-suja que as marteladas iriam provocar… Não tava a fim de voltar ao hotel e trocar de roupa… Próximo capítulo então…

Por fim, dando o tom do final, não poderia deixar de registrar a maravilha que foi a gamba tigre gigante grelhada na manteiga, que nós compartimos com prazer. Vistosa e marcante. Irreparável e deliciosa!!! Acho que a foto fala sozinha. Eita lerê, só de lembrar agora dá saudades. “Snif”, quero voltar à Lisboa!

Enfim, é isso, a nossa ida à Cervejaria Ramiro foi uma bela introdução à gastronomia lisboeta. Tradicional, mas deliciosa!! Ampliando assim, nossa coleção de bons momentos agradáveis!!!

CERVEJARIA RAMIRO 

Av. Almirante Reis, nº 1 – H

Lisboa

Telefone: + 351 21 8851024

http://www.cervejariaramiro.pt/

e-mail: geral@cervejariaramiro.pt

COMO CHEGAR

Bookmark and Share

3 comentários to “Cervejaria Ramiro: em Lisboa, mariscos deliiiiciiiiooooosos!”

  1. Renata, dá vontade de pegar um avião e ir AGORA pra lá!!! Parabéns pelo post!!! Bjs.

  2. Que bom que vc gostou. Eu também, só de lembrar dá vontaaaadeee de voltar! bjs

  3. renata fiquei com água na boca..deliciaaaaaa parabéns

Escrever um comentário

*